Deputados se revoltam e prometem derrubar veto ao ‘PL da Saidinha’: “Irresponsável e ideológico”, veja o vídeo

A Câmara dos Deputados aprovou o projeto que restringe a ‘saidinha’ temporária de presos, porém, atropelando mais uma vez decisão dos parlamentares, o governo Lula vetou parte do projeto. Indignados, os deputados uniram forças para derrubar o veto e, temendo uma derrota acachapante, Lula adiou a sessão para análise, que deve acontecer na segunda semana de maio.

O deputado federal Capitão Alden (PL-BA) revelou sua revolta contra as decisões do governo Lula:

“Conceder dias de folga para criminosos, enquanto as próprias vítimas e suas famílias vivem presas, cerceadas, é um absurdo! Derrubar o veto ao PL das Saidinhas é uma resposta do Congresso Nacional à população de bem”, ressaltou o deputado federal Capitão Alden (PL-BA) que tem 22 anos de experiência no combate ao crime.

Já a deputada federal Silvia Waiãpi (PL-AP) questionou aqueles que se aproveitam das leis para beneficiar bandidos:

“Será que eu sou obrigada a ficar encarcerada na minha própria casa, por conta de benefícios concedidos à gente que escolheu por conta própria não cumprir a lei? A sociedade merece esse castigo?”, ressaltou.

O deputado federal Ubiratan Sanderson (PL-RS), que já foi inclusive presidente da Comissão de Segurança Pública da Câmara, afirmou que em nenhum outro país existe o benefício da ‘saidinha’ para presos, e que o STF não deve interferir nessa questão.  Segundo o ministro Gilmar Mendes, endurecer as leis pode provocar rebeliões…

“Essa matéria não pertence ao Judiciário, a ‘saidinha’ não é sequer cláusula pétrea, não estamos mexendo no sistema prisional propriamente dito. Estamos confiantes que esse veto presidencial ideológico e irresponsável vai ser derrubado. Estamos preservando o interesse da população brasileira”, frisou.

Veja o vídeo:

Autor desta matéria:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *